10mar 2015

A importância da conexão mãe e bebê desde a gestação

Post por às em Gestantes, Mães

Não existe momento mais sagrado, mágico e único, na vida de uma mulher do que a gravidez, concordam comigo?! É extremamente especial, acompanhar o bebê crescendo lentamente em seu ventre, dia após dia.

E a medida que o bebê vai desenvolvendo-se, a barriga vai acompanhando o seu crescimento, e a cada dia que passa vamos sonhando junto com nosso filho, imaginando como será o seu rostinho, a cor de seus cabelos, de seus olhos…

Um universo dentro de nosso útero está pulsando,vibrando, para dar assistência ao nosso bebê. Este “universo” intra uterino, não é visível aos olhos, mas podemos senti-lo dentro de nossos corações de mãe e mulher.

Hoje em dia com essa correria maluca em que vivemos, em que realizamos diversas atividades ao mesmo tempo e que muitas vezes, mal temos tempo para nós mesmas. Por isso mesmo que eu te pergunto: será que você está dedicando tempo suficiente para realmente “sentir” toda essa vida intra uterina pulsando em você?!

Muitas vezes, estamos  tão ligadas no “automático”  que acabamos esquecendo do essencial no período gestacional, que é a mulher e o seu bebê. O mais importante é isso.  Lembre-se que a gravidez dura somente 09 meses.

conexao13

 

ASSINE A NEWSLETTER E RECEBA OS PRÓXIMOS POSTS SOBRE O ASSUNTO. SIGA TAMBÉM A ESTAÇÃO MATERNA NAS REDES SOCIAIS:

Isso quer dizer que nos é disponibilizado 09 meses para escolher curtir de forma prazerosa ou não, tudo o que se passa neste momento. Aproveitar de forma prazerosa é estar consciente de cada detalhe, ou seja: quando o bebê se mexe dentro do ventre materno; perceber as mudanças que estão sendo promovidas no corpo. Estar ligada em todas as emoções e sensações, que este instante proporciona e desta maneira estar conectada com o bebê.

Quando estamos conectadas com nosso bebê, significa também que estamos vinculadas com ele afetivamente. Esse vínculo já deve ser criado desde a gestação, e traz inúmeros benefícios para ambos: mãe e bebê; que serão percebidos tanto no período gestacional, como no parto e pós-parto.

No período gestacional: proporcionando uma gravidez mais agradável, integral, ativa e empoderada. Desta forma, permite uma maior percepção do desenvolvimento do bebê. Isso faz com que a mãe, esteja mais atenta para algum problema que por ventura possa estar ocorrendo com o seu bebê ou até mesmo com você e desta forma, possa tomar as atitudes necessárias. No parto: facilitando para um parto normal, ativo e saudável.

Outra atitude que favorece esta conexão é a desaceleração da vida cotidiana. Vale a pena dar uma desacelerada, para conseguir se manter mais tranquila e propensa a um aumento de consciência. Quando nos mantemos em ritmo muito acelerado é mais fácil o estresse tomar conta da gente e desequilibrar nossas emoções. Existem diversos estudos que comprovam que as emoções e sentimentos da mãe, durante a gravidez são transmitidas para seu filho dentro do útero.

Durante o pós-parto: contribui na prevenção de depressão pós-parto, auxilia para uma maternagem mais ativa e empoderada. Parece simples conectar-se com nosso bebê. Só que não! É bastante complicado atingir esta conexão devido a vida agitada, da qual a maioria de nós estamos habituadas. A yoga para gestantes é uma ferramenta poderosa nesse sentido; a mesma relaxa, equilibra, interioriza, ajudando a promover a conexão mãe/bebê, entre muitos outros benefícios para ambos.

Aproveite os 09 meses de sua gestação para se empoderar ao máximo. Além de um bom acompanhamento pré-natal é necessário compreender que ele não é o suficiente, para uma gravidez integral. Se faz necessária essa conexão, entre outros cuidados que já comentei aqui no post. Você merece viver esse momento plenamente com seu bebê!

Beijos maternos, Liri ♥

 

 

 

 

 

 

comentário(s) via facebook

2 comentários deixe um →

  1. Parabéns pelas dicas, adorei a postagem.

    Responder
    • Liri Bauer

      Obrigada! Que bom que gostou. Beijos

      Responder