06maio 2015

Conheça os benefícios da meditação durante o pré-parto, parto e pós-parto

Post por às em Gestantes, Parto, Pós-parto, Pré-parto, Saúde

Você sabia que a prática da meditação traz diversos benefícios durante o período da gestação, parto e pós-parto? A meditação acalma a mente, trazendo clareza para a nossa vida, autoconhecimento, interiorização e nos propicia momentos de paz e tranquilidade.

Os benefícios da meditação na gravidez são muitos, proporcionando mais saúde, conexão com nosso corpo, com nosso bebê, fundamentais nessa fase. Fornece confiança e autoestima. Durante o parto, nos permite controlar as contrações do trabalho de parto, auxilia na concentração e entrega no momento de parir. Traz sintonia com o bebê e mais consciência corporal. Ajuda para a vivência de um momento mais pleno e consciente. No pós-parto, diminui os riscos de depressão e facilita para uma maternagem mais ativa. Evita o estresse e a ansiedade, propiciando mais saúde e equilíbrio.

Meditei durante as minhas duas gestações, porém de formas diferentes. Na minha primeira gravidez  meditava em casa mesmo. Colocava uma música de meditação, acendia um incenso, as vezes até uma vela, sentava de maneira confortável na poltrona da sala com as costas bem eretas e me entregava para aquele momento. Buscava acalmar minha mente, eliminar meus medos, minhas ansiedades. Procurava encontrar a minha força interior e me conectar a ela, sintonizando-me com o universo e com meu bebê.

Na minha segunda gravidez, pratiquei yoga para gestantes. Meditava durante as aulas que aconteciam uma vez por semana e também em casa. A prática da yoga e o contato com outras gestantes me trouxeram um empoderamento muito grande, diferente da primeira vez. Ou seja, na primeira gestação meditava apenas sozinha e na segunda vez, meditei individualmente e também na companhia de outras mulheres grávidas.

As duas experiências foram extremamente positivas, mas confesso que meditar na presença de outras mulheres conectou-me com uma força feminina muito grande. Acredito que pelo fato de concentrar mais energia feminina. Mas isso depende de como estamos nos sentindo no momento de cada gestação, pois uma é diferente da outra. Depende também do que necessitamos no momento. Cada mulher deve optar pelo caminho que achar melhor, seja meditando sozinha ou com outras mulheres, o que vale sempre é a nossa entrega, concentração e intenção no ato de meditar.

b#benefíciosdameditaçãonopré-partopartoepósparto

Se você nunca teve o hábito de meditar, mas tem vontade, agora é um ótimo momento para se iniciar nessa jornada de conexão e autoconhecimento, essenciais no período gestacional, no parto e pós-parto. Comece agora! Sente-se confortavelmente no sofá, cadeira ou no chão (aonde preferir e senti-se melhor), mantenha a coluna bem reta. Se preferir coloque uma música tranquila, como por exemplo uma clássica ou outra propícia para o ato da meditação. Nada de música agitada hein, e rock nem pensar! Adoro rock também, mas para esse momento ele não é nada favorável (risos).

Elimine os pensamentos rotineiros da mente, seus medos, estresse, ansiedade e agitação. Desligue-se da sua rotina. Busque encontrar sua força feminina latente dentro de você. Essa que sabe parir, que é instintiva, natural e sábia. Confie nela. Busque uma conexão com seu bebê e com seu corpo. Permaneça em silêncio e procure se concentrar e manter a consciência do momento presente.

Relaxe o corpo e a mente, preste atenção na respiração. Concentre-se nos batimentos cardíacos. Inicie com cinco minutos por dia e vá aumentando gradativamente no decorrer dos outros dias, até atingir vinte minutos por dia, que já serão suficientes. Mentalize coisas positivas para você e seu bebê. Perceba a mudança que um pequeno ato como este exerce sobre vocês. Repita mentalmente: – “Eu sei parir, meu bebê sabe nascer. A natureza é perfeita”.

#beneficiosdameditacaonoprepartopartoepos-parto

ASSINE A NEWSLETTER E RECEBA OS PRÓXIMOS POSTS SOBRE O ASSUNTO. SIGA TAMBÉM A ESTAÇÃO MATERNA NAS REDES SOCIAIS:

Os benefícios da meditação não são sentidos somente por você mas pelo seu bebê também, já que é comprovado que todas as nossas emoções e sentimentos durante a gravidez são transmitidos para nossos filhos(a). Os meus dois filhos nasceram suuuuuuper tranquilos. Tenho certeza que por conta da meditação. Minha filha tem um temperamento muito calmo e meu filho também foi  a mesma coisa.  A Lorena é muito serena. Olha que até rimou (risos).

Um fato bem curioso ocorreu durante a minha segunda gestação e quero muito compartilhar com vocês por aqui. Queria demais que minha filha nascesse com meus cabelos ruivos e com os olhos claros do pai. Mentalizava isso durante as meditações, visualizava os cabelos e os olhos claros. Sabia que não é comum mãe/pai ruivos terem filhos ruivos? Mas acontece. Queria muito que ela viesse com meus cabelos vermelhos (risos) e com os olhos claros iguais aos do pai dela. E pensem na surpresa?  Sim! Ela nasceu ruiva de olhos claros!

Estou relatando essa experiência para você entender o poder da meditação, mentalização, visualização. Todos esses, são atos criativos e de um poder e força muito grandes. É preciso acreditar, pois somos capazes de muitas coisas. Quando estamos no período gestacional, parto e pós-parto, penso que as mulheres estão mais fortes e poderosas ainda, pois é um momento divino e sagrado! Vamos acreditar mamães! Mentalizem coisas positivas, um parto empoderado, cheio de luz e alegria. Pensem no que vocês queiram que aconteça e floresça durante esses momentos tão especiais na vida de todas nós mulheres e os concretize utilizando a meditação! E agora vem cá! Você costuma meditar? Você acredita nesse “poder” da meditação? Gravei um vídeo falando sobre o assunto também, não deixe de conferir! Para assistir é só dar play no vídeo abaixo ou CLIQUE AQUI! E se ainda não se inscreveu no nosso canal, aproveita para se inscrever e ficar sempre por dentro de todas as novidades!!

Beijos Maternos, Liri ♥

comentário(s) via facebook