24ago 2015

Dicionário da Gestante

DICIONARIO-DA-GESTANTE

Esse dicionário da gestante, contém palavras e termos que são de bastante importância que todas  conheçam. O que vai auxiliar para vivenciar uma gestação mais plena, um parto e pós-parto mais saudável. Além de  contribuir, para quem desejar fazer um plano de parto (que é o planejamento do que se  autoriza e não autoriza no pré-parto, parto e pós-parto), e se você não sabia que isso é possível, saiba que sim, é bastante possível; mas para que isso aconteça da melhor maneira, será necessário muita consciência, empoderamento e conhecimento de tudo o que isso envolve.

A

Apgar- Teste de apgar. É  realizado um minuto após seu bebê nascer e novamente aos cinco minutos de vida  seu baby será avaliado da seguinte forma: Frequência cardíaca, respiração, tônus muscular, reflexos, cor da pele. Isso tudo é para garantir se o seu bebê irá ou não  precisar de algum atendimento médico de urgência.

Assoalho pélvico- Músculos do assoalho pélvico.  Esses músculos estão localizados na região entre as pernas, a partir do osso púbico na frente até a base da espinha nas costas. Músculos do assoalho pélvico fortes dão melhor apoio ao peso extra da gravidez, ajudam no segundo estágio do trabalho de parto e, ao aumentar a circulação, auxiliam na recuperação do períneo (área entre a vagina e o ânus) após o nascimento do bebê por parto normal.

B

Biópsia do vilo-corial- Exame realizado entre a décima e a décima-sexta semana de gestação, para colher pequenos fragmentos da placenta e avaliar possíveis alterações genéticas do feto.

Bolsa d’água- Estrutura constituída de uma fina membrana, da qual protege o bebê no útero materno contra choques violentos e conserva-o numa temperatura constante.
Braxton-hicks- Contrações de Braxton-hicks. Treinamentos que o útero faz como preparação para o parto. Elas costumam aparecer após a vigésima terceira semana de gestação. São absolutamente normais. São conhecidas como “contrações de treinamento”. Elas tendem  a ficar mais frequentes e intensas próximo ao nono mês.
C
Circular de cordão-  Quando o feto está enlaçado pelo cordão umbilical. É mais comum do que se imagina.
Cordão umbilical-  Estrutura azul-esverdeada que liga o bebê à placenta e é responsável por proporcionar oxigênio, nutrientes e anticorpos além de retirar  do seu organismo as toxinas produzidas por seu próprio metabolismo. Você pode optar por esperar o cordão parar de pulsar antes de cortá-lo para que o bebê seja ainda mais beneficiado de suas funções. Pode escolher que seu parceiro corte o cordão ao invés do médico.
Colo uterino- Porção inferior do útero.
Contrações uterinas- Caracterizam-se pelo endurecimento do abdômem e é um indicativo de que se está entrando em trabalho de parto. Ocorrem em intervalos regulares e aumentando de frequência e intensidade conforme for se aproximando o momento do nascimento do bebê.
D
Deslocamento prematuro da Placenta (DPP)- Acontece quando a placenta separa-se parcial ou completamente da parede uterina, antes do momento certo, isto é, do momento do parto. Em alguns casos pode ocorrer sangramento leve ou intenso e escuro. O sintoma mais comum é uma dor abdominal forte e contínua. Caso tiver algum desses sintomas busque ajuda médica imediatamente!
Diabetes gestacional- Pode acontecer durante a gravidez e pode ser controlada desde que diagnosticada.
Dilatação- Conforme as contrações vão aumentando sua intensidade e frequência, o colo do útero vai se abrindo para facilitar a passagem do bebê no momento do parto. Quando se chegar a 10 cm de dilatação é o momento ideal para o nascimento.
E
Embrião- Nome que se dá ao bebê a partir da quinta semana de gravidez. Da nona semana até o parto, o embrião começa a ser chamado de feto.
Episiotomia- Incisão cirúrgica na altura da saída da vagina. Você deve autorizar ao médico antes se ele deve fazer a episio ou não.  A episiotomia de rotina é vista como violência obstétrica.
Exame de toque-  Realizado durante o trabalho de parto ou até antes desse período pelo médico ou profissional de saúde para que se verifique a dilatação. Não deve-se repeti-lo a toda hora e nem desnecessariamente pois muitas vezes é um exame doloroso e se feito repetidamente  e sem necessidade também é considerado violência obstétrica.
Expulsivo- Última fase do trabalho de parto, na qual o bebê faz sua passagem através do canal de parto, para enfim nascer.
F
Fator Rh- A incompatibilidade sanguínea entre mãe e filho acontece quando a gestante é Rh negativo e o pai positivo. É raro que o sangue da mãe prejudique o feto durante a primeira gravidez, somente na segunda é que poderá ocorrer problemas. Para evitar a possibilidade da doença nos futuros filhos, após a primeira gestação, faz-se uma neutralização dos fatores que podem provocar tal doença por meio de uma vacina chamada gamaglobulina anti- D.
G
Gravidez anembrionária- O mesmo que Ovo Cego, ou seja é uma gravidez com saco gestacional, porém sem embrião. Ocorrem diversos casos em que o embrião não é visualizado em uma ou duas ecografias e aí no terceiro aparece. Desde que  a gestante não tenha sangramentos ou cólicas fortes, o ideal é esperar.
Gravidez de risco ou de alto risco- Toda gestação que traz de alguma forma algum tipo de risco para mãe e feto. Como por exemplo em adolescentes ou mulheres com mais de 40 anos, mulheres portadoras de diabetes ou hipertensão.
Gravidez ectópica- Também chamada de gravidez extra-uterina. Ocorre quando um ovo fecundado implanta-se fora do útero e o embrião desenvolve-se ali mesmo. Na maioria dos casos a implantação, acontece na trompa de falópio e sem tratamento a mesma pode romper-se causando muitos problemas sérios e as vezes até a morte.
H
Hipotrofia fetal- Termo utilizado quando o tamanho do feto é muito menor do que o padrão na sua fase de desenvolvimento. Como prevenção é recomendado nesses casos que  a gestante faça muito repouso, além de tratar doenças como a hipertensão e a diabetes.
I
Indução do parto- É quando o trabalho de parto não ocorre de maneira natural, e é induzido pelo médico. Você pode autorizar ou não. O recomendado é sempre esperar que o trabalho parto aconteça e se desenvolva de forma espontânea.
L
Linha nigra-  Linha escura e vertical que aparece na barriga de algumas gestantes. Ela desaparece poucas semanas após o parto.
M
Mecônio- É coletada no intestino do feto e constitui as primeiras evacuações dos recém-nascidos.
O
Ocitocina- É um hormônio presente no corpo do homem e da mulher, popularmente conhecido como hormônio do amor. Ela desempenha um papel vital no desencadeamento e regulação das contrações uterinas. Os médicos podem querer acelerar o TP dando ocitocina a parturiente que pode aceitar ou não. Foi comprovado que essa prática é desnecessária e aumenta muito as dores da mulher no trabalho de parto.
P
Placenta- Órgão que tem como função: aconchegar o bebê dentro do útero, afim de transferir nutrientes do sangue da mãe para o bebê e secretar alguns hormônios fundamentais nesta fase. Ela também protege o bebê de impactos, porém deve-se cuidar ao máximo para que  eles não ocorram na gestação, para evitar um possível deslocamento da placenta. Sua forma se parece com uma árvore e muitos a associam como a “árvore da vida”.
Puerpério- Fase pós-parto, em que a mulher experimenta modificações físicas e psíquicas. Em média esse período dura em torno de 1 mês.
Parto humanizado- Assistência ao parto em que se respeita as opções da parturiente. A mulher é a protagonista do seu parto e de suas escolhas. Nenhum procedimento desnecessário é feito sem o seu consentimento.
Violência obstétrica- Procedimentos realizados sem necessidade, sem autorização da mulher e com desrespeito a mãe no período do pré-parto, parto e pós-parto. Podemos incluir gritar durante o período de TP com a parturiente, palavras desagradáveis, procedimentos realizados sem respaldo científico para tal, tirar o empoderamento da mulher e de sua família, negar seus direitos. Quando a mulher sofre violência ela pode e deve denunciar os profissionais que a praticaram. Muitas mulheres sofrem violência em maternidades, hospitais e nem se dão conta da mesma, por isso a mulher deve se manter mais bem informada possível afim de fazer valer seus direitos.

comentário(s) via facebook