18ago 2015

07 Passos para uma educação com amor e sem violência

Post por às em Educação, Filhos

Educar os filhos não é uma tarefa fácil. Listei 07 passos dos quais acredito ser essenciais para promover uma educação com mais amor e igualdade para as nossas crianças: É preciso dedicar tempo de qualidade (isso não significa quantidade), ensinar bons valores e princípios, acompanhar o desenvolvimento dos pequenos, vibrar e participar das conquistas e também é claro chamar a atenção dos nossos filhos quando for necessário, ensinando-os sem agressividade e autoritarismos, dar bons exemplos para as crianças e o último passo que deve fazer parte de todos os outros é fornecer amor, cuidado e carinho. Todos esses tópicos, podem até parecer fáceis na teoria, mas quem tem filhos, sabe que não. Então,  vamos falar  sobre cada um desses itens  para refletirmos um pouco o que envolve cada um deles.

#educandoosfilhoscomamoresemviolencia

1 – Tempo de qualidade: É bastante comum, ver pais confundindo tempo de qualidade com quantidade de tempo com os filhos. O que na verdade é um erro. Muitas famílias acreditam e até se culpam por não dedicar muito tempo do seu dia com suas crianças, muitas vezes por trabalhar fora ou estar muito envolvidos com os afazeres diários. Só que na realidade os pais não precisam estar o dia inteiro junto dos filhos, o que faz a diferença é como vocês utilizam esse tempo quando estão juntos. Ou seja: não adianta nada passar o dia todo com os filhos, se vocês não brincam juntos, não conversam, não se divertem, se não existe interação e troca de afeto.

#educandoosfilhoscomamoresemviolencia

2- Ensinar bons valores e princípios: Ensinar está muito associado com o tempo de qualidade, você pode ensinar seu filho brincando por exemplo. Isso tudo vai depender da sua criatividade. Todos os pais devem ou ao menos deveriam ensinar seus filhos a amar e respeitar os animais, a se relacionar de forma positiva com a natureza, respeitar as diferenças, as pessoas. Todos nós temos esse dever social, de formar pessoas melhores e mais dignas para um mundo cada vez melhor, com mais respeito, amor e igualdade.

#educandoosfilhoscomamoresemviolencia

3- Acompanhar e estimular o desenvolvimento dos pequenos: É muito importante os pais acompanharem como anda o desenvolvimento de seus filhos e além de tudo isso é necessário gerar boas oportunidades de estímulos dentro e fora do lar, para que as crianças possam se desenvolver cada vez mais e de forma saudável. Neste item, podemos citar o direito e o incentivo dos pais para com as suas crianças no que se refere aos jogos , atividades de lazer e ao brincar, o direito a uma boa educação,  a convivência em um ambiente limpo e de bom relacionamento familiar, o contato com o esporte e a arte, com a alimentação saudável e o acompanhamento médico de qualidade.

#educandoosfilhoscomamoresemviolencia

4- Vibrar com a conquista dos filhos: Os pequenos precisam do nosso constante incentivo, participação, para promovermos uma boa autoestima nas crianças, para que elas se sintam amadas e  se tornem adultos mais responsáveis e seguros. As famílias, tendem a fazer isso mais quando os filhos são bebês e conforme vão crescendo os pais acham que não é mais tão necessário fazer isso; só que pensar assim é mais um erro, os filhos precisam de nosso constante estímulo positivo. Todos nós precisamos de reconhecimento e estímulo, não é mesmo?! Valorize as boas atitudes, reconheça as boas habilidades, vitórias e conquistas das suas crianças, seja sempre sincera(o).

#educandoosfilhoscomamoresemviolencia

5- Ensinar os filhos sem agressividade e autoritarismos: Acredito que de todos os tópicos, esse é um dos mais difíceis ainda para os pais. Quando nossos filhos fazem algo que não aprovamos, a vontade é gritar, bater, usar de autoritarismo para fazer valer a nossa palavra, vontade e mostrar quem é que “manda”. Só que hoje sabe-se e se reconhece mais do que nunca, que gritar, utilizar de autoritarismos e até uma “palmadinha inocente” é violência e não educação.  Além de ser um abuso, um adulto agredir uma criança. Dessa maneira, os pequenos não vão crescer sentindo-se amados, nem acolhidos e o que eles vão aprender com  agressividade vai ser justamente isso: agressividade também. Por isso converse com seus filhos, olhe nos olhos deles e busque o acolhimento, a empatia, o amor e a compreensão. Não esqueça que são apenas crianças que dependem de seus pais para se desenvolverem e aprenderem da melhor forma.

ucandoosfilhoscomamoresematoritarismos

6- Dar bons exemplos para as crianças: Não devemos esquecer que as crianças aprendem muito mais através dos exemplos que são mostrados a elas, do que com palavras “vazias”. Elas analisam tudo o que fazemos, prestam atenção e aprendem rapidamente nossas atitudes e ações. Nossos filhos são nossos espelhos. Por isso sempre busque os bons exemplos para  os seus filhos, eles nos imitam e se você não está gostando do comportamento de suas crianças talvez seja um bom momento para que você e sua família revejam as  atitudes que andam tendo.

#07passossimplesparaeducarcomamoresemviolencia

7- Fornecer amor, carinho e cuidado: Demonstre sempre que puder, todo o amor, carinho e cuidado que sente pelos pequenos. Faça carinhos, tenha por hábito demonstrações de afeto, sempre diga palavras carinhosas, verdadeiras e cheias de amor. Seus filhos com certeza irão retribuir todo esse amor e crescer muito mais felizes e saudáveis. Não tenha vergonha de expressar seus bons sentimentos e ensine seus filhos a fazer isso também! Lembre-se que amor e carinho nunca são demais!

 O que acharam dessa lista? Acrescentariam mais alguns itens?

Beijos maternos, Liri ♥

 

 

 

comentário(s) via facebook