10mar 2015

Leite Materno: Este Santo Remédio!

Sempre achei lindo o ato de uma mãe amamentar seu filho. Assim como também, sempre tive a certeza de que quando me tornasse mãe,  amamentaria meus filhos. Nunca tive dúvidas quanto a isso, desde criança.

E realmente, amamentei meu primeiro filho e continuo amamentando a Lorena, que tem 01 ano e 11 meses atualmente. É um dos momentos mais prazerosos que a maternidade nos proporciona, e não é recomendado que as mães abram mão desse momento tão especial, por diversos motivos que falarei a seguir.

Amamentar, é muito mais que alimentar o bebê! É fornecer a ele também o carinho e acalento dos nossos braços, o calor do nosso corpo. Além de tudo isso, é possível aumentar o vínculo afetivo mãe/bebê, que este momento propicia. É amor demais!!!

A Organização Mundial de Saúde (OMS), recomenda o aleitamento materno exclusivo até os 06 meses de idade. Não sendo necessário, a introdução de mais nenhum outro alimento complementar como: água, cházinho, etc.

amamentacaosantoremedio

Isso porque, o leite materno, contém todos os nutrientes que o bebê necessita para um desenvolvimento saudável e feliz. Além de protegê-lo de diversas doenças: infecções, alergias; ele também age como um remédio natural, ajudando a prevenir otites e cólicas; não é uma maravilha da natureza?!

O poder da amamentação não se limita somente em proteger os nossos pequenos, também beneficia muito as mães. Ela contribui na diminuição dos riscos do câncer de mama, ovário e hemorragia pós-parto. Facilita na perda dos quilos extras que foram ganhos na gestação, entre outros. Você ainda tem dúvidas de que o leite materno e a amamentação, são um santo remédio?!

Não existe alimento melhor e mais completo, que possamos oferecer aos nosso bebês do que o nosso leite. Além de ser muito prático, pois podemos oferecê-lo em qualquer lugar; ele sai sempre quentinho, na temperatura ideal para o bebê e ainda é grátis! Não foi inventando nada, que seja melhor para os nossos babys. Amamentação é um verdadeiro ato de amor.

A partir dos seis meses de idade, a OMS, recomenda a introdução de outros alimentos na dieta do neném, como: papinhas, sopas, entre outros. Mesmo com a introdução de novos hábitos alimentares, a recomendação é que amamentação deve continuar acontecendo. Até os dois anos de idade, pelo menos, a criança precisa do leite materno, devido a todos os seus inúmeros benefícios.

E lembre-se não existe leite fraco! O seu leite é o ideal para o seu filho! Ele é o que existe de melhor na natureza, para ser oferecido ao seu filho. Muitas pessoas, por conta de ver o bebê mamando no peito diversas vezes ao dia, acabam acreditanto que o motivo disso é o leite “ser fraco” e não sustentar o bebê.

Isto não existe e é um mito. O que acontece é que o bebê, necessita sentir o cheiro da mãe, ficar próximo dela e mamando é uma forma que ele encontra para isso. Portanto, não se preocupe se ele quiser mamar muitas vezes ao dia. Ofereça o leite materno ao bebê e em livre demanda (sempre que ele quiser), sem medo de serem felizes! rs

Beijos maternos e boas mamadas!

Liri ♥

comentário(s) via facebook

2 comentários deixe um →

  1. elizabeth

    Adorei essa materia meu bebe tem 1ano e ainda mama ele nunca tomou outro tipo de leite e é ym bebe super saudavel e tem muita gente q me critica por isso mais oq importa e que eu e ele estamos felizes e bem

    Responder
    • materna

      Elizabeth, você está no caminho certo é isso mesmo! Não existe nada melhor do que o leite materno para nossos pequenos! Um abraço materno,Liri.

      Responder