01out 2015

Quando descobri a toxoplasmose (História da leitora)

Post por às em Filhos

Meu nome é Iully, tenho 28 anos, casada e mãe do pequeno Leo. Vou contar a vocês um pouco da nossa história. No segundo mês de gestação fui diagnosticada com a TOXOPLASMOSE, meu DEUS o que era isso me perguntei, afinal até então não sabia nada a respeito.

Foi quando recebi uma bomba, não era tão simples como gostaria que fosse. A partir dai começava uma luta contra a doença, ou melhor dizendo uma batalha para que essa luta não chegasse até o meu pequeno.

Foram nove meses com antibióticos terríveis, que me faziam muito mal, eram dores horríveis no estômago. Durante o tratamento tive muitos altos e baixos, melhor dizendo muito baixos, mas minha fé era maior. Não que eu  desanimasse, ao contrário por muitas vezes dizia: – Estou cansada não aguento mais! Mas mesmo assim nunca perdi a esperança. O meu tratamento exigia que eu fizesse todo mês um ultra mais detalhado, para ver como estavam os membros do meu pequeno.

Ao sexto mês tive que ficar de repouso absoluto, foi descoberto que os ventrículos cerebrais do Leo não estavam desenvolvendo como deveria. Ao oitavo mês tive que fazer um exame chamado AMNIOCENTESE, precisávamos fazer afinal seria esse que definiria o que estava acontecendo com meu pequeno guerreiro. Procedimento doloroso e sem anestesia, mas eu não tinha escolha. Tive muito medo, e o foi o sentimento que mais tive durante toda a minha gestação. Tanto que eu não tinha a empolgação de toda mamãe de comprar roupinhas, fazer o chá de bebê, eu tinha muito medo; algo que me prendia nesse sentimento.

quandodescobriatoxoplasmose

Este é o meu guerreiro João Leonardo.

Com 38 semanas e 5 dias resolveram me fazer uma cesariana; nisso eu já havia mudado de cidade, pois a minha não oferecia os especialistas necessários. Era uma mistura de sentimentos, confesso que me machucava ao pensar de como seria meu Leo, afinal tantos antibióticos, tantas complicações.

Pensava se quando ele nascesse, iria comigo para o quarto ou não… Meu filho nasceu no dia 10 de março de 2015, perfeitinho e foi para o quarto comigo, não me cabia tanta alegria. Mas meu pesadelo não tinha acabado, no outro dia meu anjo foi para UTI, ficando lá durante 5 dias, que foram os piores por mim já vividos.

Com a graça de Deus, ele saiu de lá direto pra casa. Deus foi soberano em minha vida e de toda a minha família.Hoje estamos em tratamento por conta do coraçãozinho, mas nada de bicho de 7 cabeças, ele vive uma vida normal como qualquer criança.

Bem essa é minha história, resolvi compartilhar com vocês pois não sabia nada a respeito da toxoplasmose, talvez se soubesse um pouco mais sobre a doença teria tomado mas cuidado durante a minha gravidez.
TOXOPLASMOSE PODE SER CONTRAÍDA DE DIVERSAS MANEIRAS:
MAS A PRINCIPAL QUE FOI O MEU CASO, FOI ATRAVÉS DAS FEZES DO GATO.
ISSO MESMO DO GATINHO.
MAS MAMÃES NÃO SE ASSUSTEM, SE TIVEREM TODO O CUIDADO, NÃO CORREM RISCO ALGUM.

comentário(s) via facebook