/ aleitamento materno

25nov 2016

Preparação para a amamentação

Post por às em Amamentação, Filhos, Gestantes

preparacao-para-amamentacao

Muito se fala sobre a importância do aleitamento materno e os seus benefícios para mães e filhos, mas ainda existem muitos mitos e falta de desinformação sobre o assunto. Quando se trata de preparar os seios para o processo de amamentação não é diferente, ouvimos e recebemos diversas orientações de amigos, familiares, profissionais de saúde. Quando somos mamães de primeira viagem, ainda não sabemos “filtrar” todas essas informações que nos chegam, justamente porque tudo ainda é muito novo e estamos aprendendo muitas coisas sobre o universo materno.

É muito importante sabermos e conhecermos o que de fato nesta história toda é mito e o que não é, para desta maneira conseguimos agir de maneira correta e aumentar as chances de obter o sucesso na amamentação. Muitas pessoas pensam que estão nos ajudando e orientando de forma adequada, mas desconhecem que algumas orientações que no passado acreditava-se facilitar o ato de amamentar; hoje não são indicadas, pois se sabe que não existem comprovações científicas que as sustentem. Muito pelo contrário, muitas delas foram comprovadas que até podem atrapalhar.

Por exemplo, na minha primeira gestação em 2006, fui orientada a esfregar bucha vegetal todos os dias no peito, afim de “preparar a pele” e o bico dos seios, deixando-os mais resistentes. E assim o fazia. Mas, além de sentir uma dor horrível com este ato, ainda tive dificuldades ao amamentar meu primogênito. Hoje em dia, essa prática não é recomendada, pois além de machucar a mulher, ainda existe o risco de estimular o parto prematuro. Ou seja, ela não deve ser feita!

Na minha segunda gravidez em 2013, me assustei por receber informações totalmente contrárias das que recebi da primeira vez! Fiz tudo diferente e a amamentação aconteceu sem nenhum tipo de dificuldade; mas isto porque desta vez me preparei de forma certa.

#estacaomaterna

Informe-se!

A melhor maneira de nos prepararmos para a amamentação é ter acesso a informações corretas e de qualidade! Infelizmente, existem até mesmo alguns profissionais que  não se atualizam e orientam de maneira incorreta. É necessário estarmos sempre atentas! A forma mais eficaz para amamentar nossos bebês de maneira prazerosa, sem sentir dor é saber que existe uma “pega correta”.

Para que isso aconteça, a boca do bebê deve envolver a maior parte possível da aréola e não apenas o mamilo; ele deve abrir bastante a boca, estilo “peixinho”. Ou seja, os lábios do bebê devem estar voltados para fora e não para dentro. Com a pega correta, a amamentação acontece da melhor maneira possível sem machucar a mamãe; e ainda o bebê consegue se alimentar super bem. É ai que a “mágica acontece” um momento maravilhoso para mães e seus pequenos.

Existem outras orientações que é preciso você conhecer afim de auxiliar no processo de aleitamento materno, como por exemplo: posicionar corretamente o bebê no colo, conhecer posições diferentes para amamentar, sentir-se tranquila e confiante, receber apoio adequado, não oferecer mamadeiras e nem chupetas ao recém-nascido, oferecer leite materno assim que o bebê nascer, entre outras considerações relevantes.

Informe-se o máximo que puder e empodere-se!!! Espero que tenham gostado e comentem por aqui quais as orientações que você tem recebido para se preparar para a amamentação.

Beijos maternos, Liri ♥