/ paternidade ativa

25nov 2015

A Importância do Pai no Pré-Parto, Parto e Pós-Parto

a-importancia-do-pai-

A importância do pai, companheiro, em todo  o processo de pré-parto, parto e pós-parto é fundamental. Pesquisas comprovam, que as mulheres que recebem  carinho, atenção e apoio psicológico de seus respectivos parceiros; tendem a se sentir muito mais seguras, confiantes e a vivenciar todo esse período, de maneira mais tranquila e positiva. Além de fortalecer e aumentar os laços da nova família.

A gestação é um período em que o parceiro não deve somente levar e acompanhar a sua mulher nas consultas de pré-natal. É muito mais do que isso. É claro que acompanhá-la também é importante, mas participar efetivamente de todo o processo é essencial. E de que maneira ele pode participar?

NA GESTAÇÃO

a-importancia-do-pai-no-pre-parto-parto-e-pos-parto

Fornecendo carinho e amparo psicológico

A  fase da gravidez é cheia de grandes mudanças e ansiedades. O carinho e o amor do companheiro fazem com que a mulher se sinta amada e amparada, com mais autoconfiança em si mesma. O apoio psicológico também é de grande valia, e o homem deve ficar atento a todas necessidades da parceira; não relevando as suas sensações e emoções que ficam muito mais alteradas nesse período, devido as mudanças hormonais. Não desdenhar e achar que é “frescura”. Mas também não se deve tratar a gestante como doente, já que gravidez não é doença; apenas exige alguns cuidados.

Conversando com o bebê e acarinhando a barriga

Está comprovado que conversar com o bebê é extremamente benéfico para a criança, que é capaz, segundo os especialistas, de captar as vibrações contidas nas palavras, mesmo antes do feto realmente ouvir. Além disso o vínculo afetivo entre pai e bebê, vai aumentar, proporcionando uma paternidade muito mais ativa e consciente. Fazer carinho na barriga e conversar com o bebê é um lindo ato de amor.

Participando e se informando junto com a gestante

Já está mais do que comprovado, que a informação de qualidade neste período é de extrema importância e relevância. São essas informações que vão fornecer o empoderamento necessário para os pais, sabendo o que querem de verdade durante o pré-parto parto e pós-parto. O que será de fato necessário, o tipo de experiência que pretendem vivenciar e ser desta forma; os verdadeiros protagonistas de suas histórias. O parceiro, além de acompanhar a mulher nas consultas de pré-natal, é recomendado que pesquise sobre o assunto, que participe junto,  de encontros e rodas para gestantes e casais grávidos.

NO TRABALHO DE PARTO E PARTO

a-importancia-do-pai-no-pre-parto-parto-e-pos-parto

Acompanhando o trabalho de parto e parto

É super recomendado, que o parceiro acompanhe a sua parceira nesse processo, fornecendo apoio psicológico e físico. Que ele a encoraje nesse momento com palavras de amor e carinho, que faça massagens para aliviar a dor. A mulher se sente muito mais confiante e segura com a sua presença. Com a companhia do pai empoderado, é também muito mais difícil da mulher sofrer uma violência obstétrica e uma intervenção desnecessária.

NO PÓS-PARTO

a-importancia-do-pai-no-pre-parto-parto-e-pos-parto

ASSINE A NEWSLETTER E RECEBA OS PRÓXIMOS POSTS SOBRE O ASSUNTO. SIGA TAMBÉM A ESTAÇÃO MATERNA NAS REDES SOCIAIS:

 

Prestando apoio psicológico para  a parceira e fornecendo amor para mãe e bebê

O pós-parto é uma fase em que a mulher precisa muito de apoio e amparo. Apoio esse,  para amamentar, para exercer uma maternidade ativa. O pai da criança deve promover um ambiente tranquilo e de paz no lar da nova família, não cobrar coisas da mulher das quais ela não está preparada no momento. Por exemplo, ficar exigindo que a mesma mantenha a casa em ordem, que cuide sozinha do bebê. É importante que a mãe possa cuidar tranquilamente do neném, sem preocupar-se com outras coisas. O pai, deve participar ativamente desses cuidados e estar atento as necessidades da nova mãe, participando também das atividades da casa.

 Espero que tenham gostado! E vocês o que acham importante nesse período? Comentem por aqui!

Beijos maternos, Liri ♥