/ útero bicorno

12jan 2016

Gestação e útero bicorno

Post por às em Gestantes, Pré-parto, Saúde

Imagem retirada da internet.

Olá mamães!! Hoje a Estação Materna, está trazendo uma entrevista exclusiva com uma leitora, que prefere manter a sua identidade em sigilo. Ela entrou em contato comigo esta semana e relatou a sua história; da qual  me emocionou muito. Foi então que a convidei para esta entrevista, para que pudéssemos auxiliar outras mães e mulheres com o mesmo caso.
Ela me contou que havia descoberto  a gravidez a pouco tempo e estava muito feliz com o resultado. Já estava se preparando para receber o bebê com muito amor e carinho. Mas infelizmente ela sofreu um aborto espontâneo, e sua gestação infelizmente foi interrompida. Está mulher guerreira ficou muito triste e abalada, mas não perdeu as esperanças de ainda um dia ter seu filho nos braços. Todas nós mulheres, mesmo que não tenhamos passado por uma situação dessas, podemos imaginar o quanto é triste  a perda de um bebê tão desejado e sonhado.

A leitora descobriu que tem o útero bicorno. O termo está relacionado com uma má formação uterina, da qual existe uma membrana dividindo o útero em dois lados, que podem ter tamanhos diferentes, ou seja, pode ter um lado grande e um pequeno, ou os dois grandes ou até mesmo os dois pequenos.

Em muitos casos esse útero acaba ficando em um formato parecido com o de coração.  O grau de separação entre os dois lados pode variar. Pode ser pouco separado, ou ainda completamente separado, resultando em dois úteros. O diagnóstico desta condição é feito por meio de exames de imagem, como radiografias e ultrassonografia.

As mulheres que possuem o útero bicorno, podem encontrar dificuldades para engravidar e até mesmo ter impedimento para que a mesma aconteça. No caso desta leitora, ela conseguiu engravidar, porém sofreu recentemente um aborto espontâneo, bem no início da gestação. Esta é uma outra situação que pode ocorrer com as mulheres que tem o útero bicorno. Quando a gravidez acontece e se desenvolve, existe um risco maior do bebê nascer prematuro.

Existem casos em que é recomendado uma cirurgia pra recompor as duas cavidades em uma só para prevenir problemas durante a gravidez ou recomenda-se o uso de DIU. O sucesso da gravidez no caso de útero bicorno, vai depender de como é a má formação e o estado da parede muscular do útero, mas é totalmente possível engravidar. Contudo, realizar um acompanhamento pré-natal adequado é sempre fundamental.
ASSINE A NEWSLETTER E RECEBA OS PRÓXIMOS POSTS SOBRE O ASSUNTO. SIGA TAMBÉM A ESTAÇÃO MATERNA NAS REDES SOCIAIS:
utero-bicorno-e-gestação

Segue abaixo a entrevista que fiz  com a nossa leitora:

1- Como você descobriu que seu útero é bicorno?

Eu descobri quando fui na médica a 4 anos atrás. Com exames de rotina, para ver se estava tudo ok. Quando retornei à consulta com os exames prontos ela me deu a notícia que meu útero é bicorno.

2- Você já sofreu mais de um aborto espontâneo?

Já sim, esse foi o meu segundo.

3- O que diz o seu médico com relação a isso?

Ela sempre me tranquilizou, sempre deixou bem claro que não é impossível ter uma gravidez assim como no meu caso. Que precisa de cuidados e orientações para acompanhar.

4- Soube que existe uma cirurgia para corrigir a separação do útero? Você pensa em fazer?

Soube. Agora retornando a consulta eu vou comentar para ela sobre esta cirurgia, pois pretendo ser mãe um dia. Tenho medo de sofrer mais uma decepção.

5- Quais são as suas expectativas daqui pra frente?

Conversar bastante com o meu parceiro, fazer tudo direitinho com acompanhamento junto a minha médica, para aí sim acontecer de conseguir engravidar e finalmente vingar.

6- O que você diria para as outras leitoras com o mesmo caso que o seu?

Para correr atrás dos seus sonhos. Se você tem essa vontade de ser mamãe, não desistir. Eu ainda sonho com esse dia e vou procurar ajuda para tudo dar certo.

Você conhece alguém que tenha ou você mesma tem útero bicorno? Compartilhe a sua experiência com a gente, através dos comentários!

Beijos maternos, Liri ♥